Classe das Vacas

Classificação para Tipo

A classificação para tipo em gado de leite foi desenvolvida primeiramente como uma medida subjetiva da capacidade de produção da fêmea bovina. Possui um foco para seleção das características, de modo a aumentar a vida produtiva das vacas.

Diversos são os motivos para utilizar a classificação do rebanho por tipo, entre eles destaca-se a melhoria da qualidade do rebanho. Sabidamente as vacas com altas classificações têm produções vitalícias mais elevadas. Os sistemas de classificação do tipo foram criados para evitar obliquidade na seleção das vacas, definir bem as características para tipo, descrever o grau de atributo e não o “ideal”, ter valor econômico e ser facilmente aplicável a campo.

Algumas características existentes na classificação por tipo são de suma importância para o manejo, por exemplo, das tetas e do úbere, que influenciam o manejo durante a ordenha e podem predispor a doenças, especialmente mastite, e certas características corporais podem estar relacionadas à distocia.

As caraterísticas são avaliadas em sistema de pontuação. Este serve para identificar o grau de aderência ao padrão ideal da vaca holandesa. Os extremos biológicos para as características individuais são ranqueados de “1” a “9” pontos para as características descritivas, sendo que, para algumas o escore “5” pontos é o ideal. Como exemplo, pode-se citar cumprimento dos tetos e nivelamento de garupa. Já para outras características, como estatura, ângulo de casco e profundidade corporal o ideal é “7” é o ideal. Por outro lado, a maioria das características, como largura e altura de úbere posterior e inserção de úbero, o ideal é escore 9.

Nos animais comercializados pela Cristal Genetics, a título de harmonização com catálogos de reprodutores e resultados de avaliações genéticas da associação de produtores (APCBRH), os valores são estabelecidos em - 3 e +3, atendendo aos padrões americanos de criadores da raça holandesa.

As características estão divididas por seções, e são pontuadas por “peso”, conforme o impacto que imprimem na qualificação das vacas.

Passe o mouse (ou clique se estiver no celular) sobre a vaca abaixo para visualizar as seções e os respectivos pesos: